Anderson Fiorelli

 

O violoncelista catarinense Anderson Fiorelli mantém uma intensa atividade de concertos na Europa tanto com o violoncelo moderno quanto com o violoncelo barroco. Atualmente reside em Munique e leciona violoncelo barroco na Hochschule für Musik und Darstellende Kunst Stuttgart e violoncelo na Escola de Musica de Starnberg.

 

Anderson tem como foco o trabalho com a música de câmara e é membro fundador dos grupos Villa Duo, isAR-Trio e Danzi Duo. Com estes grupos se apresentou no Brasil e na Europa.

 

Anderson participa regularmente de concertos com renomadas orquestras e grupos europeus como o Ensemble Turicum, Capela Solertia, Concerto München, Ensemble Explorations e B’Rock Orchestra.

 

Anderson já se apresentou em renomados festivais como o „Bach in Combrailles“ (França), o „Klara Festival“ (Bélgica) e o  Festival „Esto ès Mozart“ (México) e em importantes salas como a Tonhalle de Zurique, o Schlosstheater Schwetzingen, o BOZAR de Bruxelas e o Cuvilliés Theater de Munique.

 

Como solista, apresentou-se a frente das orquestras: Concerto München Schwetzinger Hofmusik-Akademie, Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, Camerata Florianópolis e Orquestra Filarmônica da  UFPR.

 

Anderson é mestre em Práticas Interpretativas Históricas (classe de Kristin von der Goltz) e em Música de Câmara (classe Wen Sinn Yan e Friedemann Berger), ambos obtidos na Hochschule für Musik und Theater München.Ele obteve o seu título de bacharel na Escola de Música e Belas Artes do Paraná na classe de Maria Alice Brandão, seu diploma de Concertista na Zürcher Hochschule der Künste (Suíça) na classe de Roel Dieltiens e aperfeiçoou-se em violoncelo barroco na Itália com o professor Gaetano Nasillo.